sábado, 14 de julho de 2012

TENTE COMPRAR NA RICARDO ELETRO


À
Empresa Ricardo Eletro
A/c. Serviço de Atendimento ao Consumidor

Prezados,
Ontem, dia 13/07 eu entrei na Loja Ricardo Eletro da Rua São Pedro, Centro de Niterói/RJ, por volta das 10:00hs da manhã para comprar uma máquina de lavar roupas.
Fui muito bem atendida pelo vendedor, cabe informar que na loja da Rua da Conceição o atendimento é péssimo, escolhi a máquina, o vendedor fez a pré-ficha e pediu que eu fosse até o crediário para a análise de crédito de rotina.

A moça que me atendeu, também foi bastante gentil e me informou que ia demorar um pouco. Então eu falei que iria ao Banco fazer uns pagamentos e  outras coisas.  Bom, eu saí da loja por volta das 11:00hs. Fiz minhas compras, efetuei os pagamentos, resolvi várias pendências, almocei e voltei imaginando que já estivesse tudo pronto, pois já eram 14:00hs. Para minha surpresa, fui informada que ainda estava em análise. Então sentei e fiquei aguardando. Depois de uma hora de espera, a central pediu outros contatos para referência, pois havia discordância nas informações. Tudo bem, passei mais 4(quatro) nomes e telefones e, junto com a moça que estava me atendendo, conferimos se as pessoas estavam em casa. Feito isso, as novas referências foram passadas. Continuei aguardando por mais uma hora, quando a atendente me pediu outras referências, pois a central não estava conseguindo localizar as pessoas. Novamente passei novas referências, tendo o cuidado de escolher quem estivesse em casa para atender ao telefone, pois é comum que as pessoas estejam trabalhando em horário comercial.

Fiquei sentada aguardando, pacientemente, por mais um longo tempo quando finalmente a atendente do crediário me chamou e informou que a ficha estava liberada. Ficamos felizes e agradecemos a Deus!!!  Mas, a alegria durou pouco, quando a moça começou a refazer meu cadastro para emitir a Nota Fiscal, o SISTEMA havia bloqueado meu CPF por excesso de consulta. Segundo ela me explicou, “é um sistema de segurança para o próprio cliente, é como se alguém estivesse fazendo várias compras com seu CPF”. Eu juro que não entendi e pedi maiores explicações, então ela continuou: “ É que a cada consulta de referência, seu CPF volta a ser consultado, agora só daqui a 7(sete) dias úteis é que será desbloqueado. A senhora tem pressa em adquirir a máquina? Aguarde que vamos ligar para informá-la”. 

Prezados, eu saí da loja eram 17:30hs, ou seja, perdi um dia inteiro para tentar comprar uma máquina de lavar e voltei para casa sem ela........   Eu me senti constrangida e fiquei bastante aborrecida. O respeito ao consumidor que é tão apregoado pela Empresa Ricardo Eletro na mídia, em programas de TV, etc., na prática não existe. Facilidade para comprar é ironia e valorização do consumidor é uma piada.

Por não me conformar com o que aconteceu, eu chequei com todas as pessoas as quais eu dei como referência, se haviam recebido alguma ligação e apenas duas confirmaram. Meu filho atendeu a ligação e mesmo assim ele só confirmou que era da minha casa e não sabia dizer mais nada, pois não sabia do que se tratava (primeiro erro, não se identificaram e não me avisaram que ligariam para minha casa. E se eu morasse sozinha?), a outra ligação quem atendeu foi a neta da pessoa que eu dei o nome como referência, e pediram informações a ela, uma garota de 15 anos, poderia ter sido um pedreiro, a  empregada, etc., e não a pessoa indicada (segundo erro, pediram informações minhas a terceiros e não a quem indiquei. Cabe lembrar que uma adolescente de 15 anos, se duvidar, não sabe nem em que a mãe trabalha). As outras 4 (quatro) pessoas não receberam nenhuma ligação e estavam o tempo todo em casa.

Bom, quero que vocês saibam que esta será uma carta aberta ao público, será postada em alguns Blogs, pois se a Empresa vende uma imagem e quando o consumidor chega para comprar, a coisa é bem diferente, nada mais do que justo que todos saibam o que se esconde por trás dos comerciais caríssimos em horários nobres da TV e grandes encartes nos jornais de maior circulação do Estado.
Att.

Sandra do Valle

9 comentários:

  1. Parabéns, Sandra, por compartilhar essa (péssima) experiência.
    Eu estava pensando em fazer um crediário lá, mas depois desse relato, desisti.
    Espero que tenha sucesso na compra da sua máquina (incrível como algo tão simples se torna tão complicado) e essa vergonha de serviço e tratamento passível de processo, não aparece nso comerciais, né ? Abraço e sucesso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ......e ainda não acabou!!!!! Veja meu comentário abaixo!!
      Bjs

      Excluir
  2. Eh uma pena eu ler isso pq eu estava mto afim d abrir um crediário amanhã, e durante esse dia d hoje pesquisei na internet "como abrir um crediário na Ricardo Eletro?" e vi no site RECLAME AQUI duas pessoas se queixando da burocracia ao "tentar" abrir um crediário. No entanto ñ levei mto a sério pq eram apenas casos isolados, mais depois de ler seu relato eu acabo mudando minhas idéias com relação a RICARDO ELETRO. Eh uma pena, mas, a RICARDO ELETRO acaba d perder um futuro cliente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Melhor você nem passar pela porta da loja. Leia o meu relato abaixo.
      Bjs

      Excluir
  3. Olá pessoas!!!
    A novela da máquina de lavar tem mais capítulos do que "O Direito de Nascer"!!!
    Após três meses de uso, ela apresentou defeito. Entrei em contato com a Assistência Técnica e o técnico disse-me que era um “problema na bomba”. A máquina foi consertada e funcionou por mais cinco meses, quando voltou a parar. Mais uma vez o técnico da autorizada veio e me avisou que “o tambor caiu”. Fez uma “gambiarra” e a máquina voltou a funcionar. Quando completou doze meses e dois dias, ela parou de vez. Chamei o mesmo técnico, que me atendeu nas vezes anteriores e, para minha surpresa, ele falou que estava fora da garantia. Que eu não tinha garantia estendida.
    Volto na loja Ricardo Eletro para saber o que estava acontecendo, pois segundo o vendedor no dia da compra, eu teria dois anos de garantia estendida. Mais uma vez fui surpreendida com a informação de que eu não possuía limite para fazer a garantia estendida, que o documento que estava em minhas mãos, não tinha valor. Evidentemente procurei o cara que me vendeu a máquina e cobrei explicações. Ele, gentilmente, disse-me que fez a solicitação, mas que também não sabia que a garantia estendida não tinha sido aprovada. E fez ainda mais, me aconselhou a ir ao PROCON, pois pelo histórico de defeitos da máquina, com certeza ela veio com defeito de fábrica.
    Recorri ao PROCON e a CONSUL entrou em contato comigo me oferecendo a mão de obra e eu pagaria a peça, cerca de R$700,00.................surreal!!!
    Como não aceitei, foi marcada uma audiência e eles não compareceram. Então parti para o Judiciário e processei a Ricardo Eletro e a CONSUL, com Advogado particular para ver se a coisa fluiria mais rápido. Em resumo, o Juiz já deu a sentença e, tanto a CONSUL quanto a Ricardo Eletro, estão sempre pedindo para anexar petições ao Processo, para ganharem tempo.
    É um absurdo o que está acontecendo!!!
    Duas empresas “poderosas” no mercado, ficarem barganhando a entrega de um produto novo para substituir o que eles venderam com defeito!!!
    Peço a todos que divulguem essa barbárie. Esse abuso e total falta de respeito com o consumidor. Quando finalmente tudo estiver resolvido, faço questão de contar toda a história do início ao fim e publicar nos jornais de circulação nacional. E quem vai pagar a publicação?? Serão eles com a indenização que estou pedindo por Danos Morais e Constrangimento.
    Bjs

    Sandra Do Valle

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sandra, como anda o processo? Já tem alguma posição?

      Excluir
    2. Ainda não. Eles estão apelando para ganharem tempo. O que me revolta é o fato de duas grandes empresas, que estão dominando o mercado, não respeitarem seus clientes. A Juíza já deu ganho de causa e pediu antecipação de tutela. Veja a sentença: Processo: 0007098-89.2014.8.19.0212
      Classe/Assunto: Procedimento do Juizado Especial Cível/Fazendário - Dano Moral Outros - Cdc;
      Antecipação de Tutela E/ou Obrigação de Fazer Ou Não Fazer Ou Dar; Estabelecimentos
      Comerciais E/ou Virtuais (Internet) / Contratos de Consumo
      Autor: SANDRA DE CASTRO DO VALLE
      Réu: WHIRLPOOL S.A
      Réu: RICARDO ELETRO RN COMERCIO VAREJISTA S.A.
      Agora a resposta da Juíza para a apelação: "Recebo os Embargos de Declaração, visto que regulares. A sentença embargada não apresenta obscuridade, contradição, omissão ou dúvida ( art. 48 da L. 9099/95). Nela se apresentam consignados, com a devida fundamentação, os motivos que conduziram o julgador à decisão guerreada. Dessa forma DEIXO DE ACOLHER os Embargos. P.R.I. "
      Eu gostaria muito de ter uma oportunidade para contar esta história para um jornal de grande circulação. Sinto-me humilhada, desrespeitada e esmagada pelo favorecimento da Justiça aos mais abastados. Cabe lembrar que eles recorreram, mais uma vez, da decisão judicial.

      Excluir
    3. E ai...? Conseguiu outra máquina. .?

      Excluir
  4. Impressionante,sua clareza em narrar os fatos,nos dá a exata dimensão do descaso da loja ,com a mesma ... taí,perderam uma cliente!Eu iria ate lá na Uruguaiana,comprar um celular pra minha filha,mas,agora,desisti .

    ResponderExcluir